Loft – Um estilo de vida

Loft – Um estilo de vida

21
nov
2013

Por

Afinal, o que é um loft? Conceitualmente, o nome loft se refere a mezanino, sótão ou espaço semelhante (geralmente usado para armazenagem) sem divisórias. Nos anos 60, esses espaços eram usados por artistas plásticos como ateliê. O vão livre, com pé direito alto, servia como moradia e local de trabalho. Com quarto, sala, banheiro e cozinha… Tudo num mesmo salão. Nos anos 70, em Nova York, os lofts viraram moda. Era a grande tendência da época. E como toda novidade, ficou caro!!! Em Manhattan, os menores lofts (de 50 a 70 metros quadrados) custam no mínimo 1 milhão de dólares (impressionante!!). Mas como para tudo nessa vida tem jeito, nada como bom gosto e charme para construir seu loft com materiais mais acessíveis e práticos… Bem prático! Já que agora a intenção é viver num local totalmente integrado. Os principais quesitos para desenvolver um loft tradicional são: Pé direito alto, ausência de paredes como divisões internas, pilares, vigas, tijolos e tubulações aparentes, ausência de forro e piso (no chão é utilizado cimento) e iluminação natural garantida por grandes panos de vidro.

Slide1 Slide2

10

Atualmente, esse conceito original perdeu a força já que temos muitos recursos para sofisticar este espaço, ideal para solteiros e jovens casais sem filhos. Muitos duplex encontrados no mercado, embora não sejam nada amplos, são vendidos como lofts só por causa do pé-direito duplo. Essa moradia passou a ser um estilo de vida.

O LoftCube traduz muito bem a evolução desse pequeno grande espaço. O designer Werner Aisslinger desenvolveu um projeto acessível, facilmente transportável, ecologicamente eficiente e que pudesse ser construído em massa. Na verdade, a intenção era ocupar os topos dos prédios de Berlim, onde fica o escritório de Aisslinger. Os protótipos construídos possuem 6.00×6.00×3.00 metros de altura, com módulos de painéis de madeira, com plástico removível. A arquitetura é marcada por grande transparência na fachada e nenhuma divisão interna, o que não foge do conceito inicial… porém, nesse caso, agora temos tubulações por dentro de parede, forro de gesso, pintura interna, piso assentado e pouca privacidade. Os brises e persianas ajudam nesse pequeno problema. Mas a vista tem que cooperar, e muito, para encarar um projeto desse. Pra quem quiser se informar mais sobre o LoftCube, clique aqui: http://www.loftcube.net/main.html

cube2 cube3 cube4

cube1 loft loft2

Abaixo, fotos do Home Office feito pelo Studio Denise Zuba na Casa Cor Brasília 2004 :

DSC_6200 copy

casa cor 2004 02 DSC_6153 copy DSC_6170 copy

casa cor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>